Arranco, Unidos de Bangu, Unidos da Ponte e União da Ilha realizaram na noite deste sábado (21), a segunda semana de ensaios técnicos na Marquês de Sapucaí.

Spread the love

Crédito: Fotos CN1 Brasil

Arranco

“Primeira escola a se apresentar Com a história de ‘’ Zé Espinguela – Chão do meu terreiro’’,

O Arranco de Engenho de Dentro após dez anos sem desfilar na Sapucaí, uma das escolas tradicionais da zona norte do Rio, voltou, dando esperança a sua comunidade, a presidente Tatiana passou realizada e feliz, pois a escola irá completar seus cinquenta anos de existência no dia 21 de março deste ano”.

Unidos de Bangu

“Segunda escola a ensaiar na noite deste sábado 21, a Unidos de Bangu falará neste próximo carnaval do orixá, ‘’ Aganjú – A visão do fogo, a voz do trovão no reino de Oyó’’, de autoria do Carnavalesco Robson Goulart.

Com um dos refrões mais populares da série ouro, a escola da Zona Oeste se apresentou, que teve destaque para a comissão de frente dirigida por Fábio Costa, que louvou a dança do orixá que a escola trará para a Sapucaí.

A bateria Caldeirão da Zona Oeste liderado por Mestre Laion, que estreia este ano na escola, deu um show de ritmo e ousadia com as paradinhas inovadoras que retomaram dentro dos batimentos sem oscilação harmônica, as bossas faziam referência ao Alujá de Xangô”.

Unidos da Ponte

“A terceira escola a ensaiar na noite deste sábado 21 de janeiro, foi a Unidos da Ponte, que cantou o enredo, “Libertem o nosso Sagrado, O legado ancestral de Mãe Menininha de Oxum”, que será desenvolvido pelos Carnavalescos, Rodrigo Marques e Guilherme Diniz, com a participação do pesquisador, Thiago Freitas.

A bailarina clássica Alessandra Oliveira, irmã de um dos maiores carnavalescos do carnaval, Fran Sérgio que o acompanhou no desenvolvimento do desfile, abriu a escola como coreógrafa da comissão de frente da Unidos da Ponte, estreando no carnaval da série ouro”.

União da Ilha do Governador

Os bons tempos voltaram, a União da Ilha do Governador, última escola a se apresentar na noite de sábado (21) realizou um grande ensaio técnico, retribuindo todo o público que ficou até o final.

O intérprete Igor Viana que substituiu muitíssimo bem Ito Melodia foi o principal destaque, a comunidade insulana embalada pelo bom ritmo da “Baterilha” cantou a pleno pulmão o seu bom samba para o enredo: “O Encontro das Águias no Templo de Momo”

 

 


Spread the love