Cubango aposta em reedição de clássico para voltar à Sapucaí

Spread the love

Cubango aposta em reedição de clássico para voltar à Sapucaí em 2023
‘Fruto da África no Brasil de fé: Candomblé’ é o enredo da escola para a Série Prata

A Acadêmicos do Cubango deu o pontapé inicial visando o Carnaval 2023. Em busca do retorno à Sapucaí, a Mais Querida de Niterói vai levar para a Intendente Magalhães o enredo “Fruto da África no Brasil de fé: Candomblé”, reedição de 2005. O desenvolvimento será dos carnavalescos Guilherme Diniz e Rodrigo Marques.

Composto por Flavinho Machado, Rogerão, Gilberth de Castro, Rubinho e Carlinho da Penha, o samba foi eleito o melhor do Grupo A na época, recebendo o Estandarte de Ouro e Samba-Net. Com a missão de reconduzir a escola à Série Ouro, a presidente Patrícia Cunha explica o motivo da escolha:

– É um grande samba da história da nossa escola, todos conhecem e, com certeza, será um trunfo para voltarmos para a Sapucaí. A comunidade tem ele na ponta da língua, foi multipremiado e rendeu um belo desfile. Tenho total confiança que será especial novamente – afirma a mandatária.

O carnavalesco Rodrigo Marques, que forma dupla com Guilherme Diniz, explica que “Fruto da África no Brasil de fé: Candomblé” terá uma nova roupagem, adequando-se à realidade da Intendente Magalhães. Em 2005, o enredo foi desenvolvido por Jaime Cezário e a Cubango ficou na 6ª colocação do Grupo A.

– Vamos trazer uma nova narrativa, claro, respeitando alguns preceitos da ideia do enredo em si. Resumindo basicamente, ele narrava a história do candomblé, principalmente do povo iorubá. Logicamente, estamos reduzindo a setorização por estarmos na Intendente Magalhães, mas buscando fazer um desfile tradicional, didático e bonito estéticamente – destaca Rodrigo Marques.

A Cubango será a 12ª escola a cruzar a Intendente Magalhães em 2023, no dia 25 de fevereiro, pela Série Prata.


Spread the love