Taranta Neto e Rodrigo Explosão são novos mestres de bateria da Mangueira

Sob nova direção! Taranta Neto e Rodrigo Explosão chegam para comandar os ritmistas da bateria da Mangueira.

Neto de um dos grandes mestres de bateria da história da Estação Primeira, Taranta Neto chega ao posto máximo da bateria ‘Tem Que Respeitar Meu Tamborim’ com muita alegria e fundamento. Nascido e criado no morro de Mangueira desfilou ao lado do seu avô como diretor mascote em 2003 e 2004; foi mestre da Mangueira do Amanhã por 10 anos, entre 2008 e 2018; ritmista da escola foi convidado a fazer parte da diretoria da bateria em 2010; em 2016, foi mestre de bateria da Abolição; depois passou pela Imperadores Rubro-Negros, em 2020; e neste carnaval, na União de Jacarepaguá, atual campeã da Série Prata.

“Hoje é dia de festa no morro, pelo pai dele, pelo meu avô… agora nós estamos aqui juntos. Deus vai abençoar e vamos fazer um bom trabalho. Comunidade pode esperar empenho, dedicação e raça!”, comemora Taranta.

Filho do mestre de bateria Alcir Explosão, Rodrigo retorna ao posto de mestre – lugar que ocupou entre 2016 e 2018. Criado no Buraco Quente, desfilando como mascote, Rodrigo estreou na avenida campeão sob o comando de seu pai. Passou pela Mangueira do Amanhã e aos 17 anos se tornou um dos diretores de bateria da escola-mãe, permanecendo no cargo até 2016, quando assumiu com sua antiga dupla, Vitor Art, o comando geral da ‘Tem Que Respeitar Meu Tamborim’. De 2016 – estreando com título – até 2018 foi mestre e após essa temporada voltou a ser ritmista da escola.

“Mangueira é a vitrine, onde chegamos somos respeitados. Temos que valorizar nossos talentos e estar ao lado dele [mestre Taranta Neto] é uma felicidade sem tamanho. É com muita alegria e emoção que retorno para o posto. Vamos dar nosso melhor”, completa Rodrigo.