Disputa de samba da Beija-Flor será retomada no dia 8 de julho

Disputa de samba da Beija-Flor será retomada no dia 8 de julho

Com dez sambas concorrendo para embalar o próximo desfile da Beija-Flor, a escola de Nilópolis retoma no dia 8 de julho, a sua disputa rumo ao Carnaval de 2022. Os eventos, que vão acontecer semanalmente às quintas-feiras, voltarão a ser abertos ao público, com apenas 40% da lotação da quadra disponível. A medida obedece aos protocolos definidos por autoridades do Rio de Janeiro e de Nilópolis contra a Covid-19.

Dudu Azevedo, diretor de Carnaval da Beija-Flor, explica que as obras concorrentes tiveram autorização para serem alteradas por seus compositores no período em que a disputa ficou paralisada, desde janeiro — até aqui, as eliminatórias aconteceram sem a presença de segmentos e torcedores.

A ideia do “recall”, de acordo com Azevedo, foi permitir que artistas pudessem incorporar a seus versos sentimentos e percepções dos últimos meses sobre o enredo “Empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor”, uma homenagem à intelectualidade negra.

— Autorizamos mudanças ilimitadas porque entendemos que passou-se um tempo, tivemos sentimentos aflorados sobre o enredo nos últimos meses. O tema estará em debate até o dia do desfile. Todas as obras serão gravadas novamente na voz do nosso intérprete, Neguinho da Beija-Flor, e serão apresentadas na quadra a partir do dia 8 — diz o dirigente.

Antes das apresentações dos concorrentes, segmentos da Beija-Flor — bateria, intérprete, casal de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, entre outros — irão se apresentar em formação reduzida, com número limitado de componentes. Mais detalhes sobre o evento serão divulgados nos próximos dias.

O movimento para o retorno das atividades na quadra da azul e branca acompanha a aceleração do calendário de vacinação no estado do Rio contra o coronavírus e as previsões do governo do estado e da prefeitura da capital de que, até o Carnaval de 2022, deverá ser possível realizar os desfiles na Marquês de Sapucaí.

 

Compartilhar

Paulo Costa

%d blogueiros gostam disto: