Beija-Flor de NilópolisGRUPO ESPECIAL

Gabriel David critica plenária da Liesa: ‘Cheguei em casa quebrando tudo de raiva’

Crédito  Por Redação SRzd

Conselheiro da Beija-Flor e cada vez mais ativo nos bastidores do Carnaval carioca, Gabriel David saiu insatisfeito da plenária da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) desta segunda-feira (9). Em reunião na sede da entidade, presidentes das agremiações do Grupo Especial debateram a realização do possível Carnaval fora de época, mas terminaram o encontro da mesma forma: sem uma definição.

A demora em bater o martelo e iniciar os preparativos para a festa que pode acontecer entre maio e julho de 2021, caso haja vacina contra a Covid-19, irritou Gabriel David. O conselheiro nilopolitano desabafou e criticou as decisões das plenárias, que, segundo ele, terminam sem decidir nada.

“Rir pra não chorar, porque cheguei em casa quebrando tudo de raiva mesmo. Mas, infelizmente, é bem isso aí: ou dá sono ou dá ódio”, escreveu o representante da Beija-Flor em rede social.

“Já era pra ter batido martelo, aberto venda de ingresso e patrocínio, mas a Liesa é muito lenta. Chega a ser bizarro. Já tem informações o suficiente sobre as vacinas pra gente poder se programar pra julho. Caso contrário, muito provavelmente o mundo já vai ter voltado com o entretenimento e o Carnaval vai ficar pra trás. Acredito e espero do fundo do meu coração que a Liesa não queira fazer isso com os sambistas”, completou o conselheiro, deixando claro que só defende Carnaval tendo uma vacina eficaz.

Recentemente, Gabriel David e outros dirigentes da folia carioca se reuniram com o governador Cláudio Castro, que prometeu dar R$ 1,5 milhão a cada agremiação, via lei de ICMS, caso haja desfiles no meio do ano de 2021. A Liesa, por sua vez, prefere aguardar a evolução da doença e novas informações sobre possíveis vacinas contra o coronavírus para planejar a festa.

“A Globo quer fazer, o Governo do Estado quer ajudar, e tem projeto de lei pra mudar a data do feriado (do Carnaval) do Brasil todo para a primeira semana de julho. Só falta a Liga querer também”, disse Gabriel.