Imperatriz Leopoldinense escolhe seu samba enredo para o Carnaval 2023

Spread the love

Crédito: Portal Sambrasil

O GRES Imperatriz Leopoldinense, escolheu na madrugada desta terça-feira (18) o samba enredo que embalará o seu desfile, a parceria campeã foi a dos compositores ME LEVA, GABRIEL COELHO, MIGUEL DA IMPERATRIZ, LUIZ BRINQUINHO, ANTONIO CRESCENTE E RENNE BARBOSA.

A agremiação verde e branco de Ramos, bairro famoso do subúrbio do Rio de Janeiro, apresentará o enredo “O aperreio do cabra que o excomungado tratou com má-querença e o santíssimo não deu guarida”, desenvolvido pelo carnavalesco Leandro Vieira.

O tema se inspira em cordéis populares, como “A chegada de Lampião no inferno”, “O grande debate que teve Lampião com São Pedro” e “A chegada de Lampião no céu”, que se debruça nas hipóteses da literatura de cordel sobre o que teria acontecido com a alma do cangaceiro após sua morte, em 28 de julho de 1938.

 

No Carnaval 2023, a Imperatriz Leopoldinense será a quarta agremiação a desfilar na segunda-feira, na Sapucaí, pelo Grupo Especial.

 

Samba campeão – LETRA

 

Compositores: Me Leva, Gabriel Coelho, Miguel da Imperatriz, Luiz Brinquinho, Antônio Crescente e Renne Barbosa

Participação Especial: Lucas Macedo e Rodrigo Rolla

Intérpretes: Igor Sorriso e Igor Vianna

Participação Especial: Sergival

Repentista: Ednaldo

 

IMPERATRIZ VEIO CONTAR PARA OCÊS

UMA HISTÓRIA DE ASSOMBRAR,

TIRA SONO MAIS DE MÊS

 

Disse um cabra que nas bandas do Nordeste

Pilão deitado se achegava com o bando

Vinha no rifle de Corisco e Cansanção

Junto de Cirilo Antão, Virgulino no comando

Deus nos acuda, todo povo aperreado

A notícia corre céu e chão rachado

Rebuliço no olhar de um mamulengo

Era dia 28 e lagrimava o sereno

 

E FOI-SE ENTÃO, ADEUS CAPITÃO!

NO ESTOURO DO PIPOCO

ROLA O QUENGO DO CABOCLO

A SETE PALMOS DESSE CHÃO

 

Nos confins do submundo onde não existe inverno

Bandoleiro sem estrada pediu abrigo eterno

Atiçou o cão catraz, fez furdunço

E Satanás expulsou ele do inferno

O jagunço implorou um lugar no céu

Toda santaria lhe deu foi bedel

Cabra macho excomungado de tocaia num balão

Nem rogando a Padim Ciço ele teve salvação

PELOS CANTOS DO SERTÃO… VAGUEIA, VAGUEIA

TAL QUAL BARRO FEITO A MÃO MISTURADO NA AREIA

 

QUANDO A SANFONA CHORA, MANDACARU AFLORA

BATE ZABUMBA TOCANDO NO MEU CORAÇÃO

LEOPOLDINENSE, CANGACEIRA É MINHA ESCOLA

EIS O DESTINO DO VALENTE LAMPIÃO


Spread the love

Related Posts

“Menino-Cobra” da Viradouro é um dos protagonistas de peça “Amazônia”

Spread the love

Spread the love“Menino-Cobra” da Viradouro é um dos protagonistas de peça “Amazônia” que estreia essa semana no Rio Dirigida por João Wlamir, o espetáculo promete uma viagem a uma Amazônia…


Spread the love

Dedê Marinho é a nova Rainha de Bateria da UPM

Spread the love

Spread the loveFotos: Fausto Ferreira Surpresa: Dedê Marinho é a nova Rainha de Bateria da UPM Sambista foi aclamada pelo público durante o anúncio na quadra da escola A Unidos…


Spread the love

Você perdeu

Lins Imperial forma trio de intérpretes para o Carnaval

Lins Imperial forma trio de intérpretes para o Carnaval

Cantor Bebeto e Grupo Arruda são as atrações deste sábado

Cantor Bebeto e Grupo Arruda são as atrações deste sábado

“Menino-Cobra” da Viradouro é um dos protagonistas de peça “Amazônia”

“Menino-Cobra” da Viradouro é um dos protagonistas de peça “Amazônia”

Samba Fit na Inocentes

Samba Fit na Inocentes

Rei Momo de BH, Wallace Guedes e sua corte são homenageados

Rei Momo de BH, Wallace Guedes e sua corte são homenageados

Dedê Marinho é a nova Rainha de Bateria da UPM

Dedê Marinho é a nova Rainha de Bateria da UPM