Modelo internacional, sambista e influenciadora será destaque na Viradouro

Spread the love

Fotos: Lucas Mendes

A carioca Duda Almeida, de 26 anos, vai representar uma das faces de Rosa Maria Egipcíaca no desfile da Viradouro, que vai encerrar o espetáculo das escolas do Grupo Especial este ano na Marquês de Sapucaí.

Nascida e criada na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, a mais nova componente da vermelho e branco de Niterói tem raízes no samba: ela é neta de Fernando Luzia, um dos autores do clássico samba-enredo “A Festa do Círio de Nazaré”, que a então Unidos de São Carlos (Estácio de Sá) cantou no Carnaval de 1975 e que foi reapresentado pela própria Viradouro numa releitura em 2004.

Duda é modelo internacional e, no último ano, morou em Londres. No Reino Unido, desfilou sua beleza na passarela da badalada semana de moda da capital britânica, o que rendeu a ela outros trabalhos na Europa. Além de brilhar como modelo, a moça é atriz e influenciadora digital premiada pela Prefeitura do Rio de Janeiro e pelo Instituto Zumbi dos Palmares por sua luta contra o racismo.

O convite para representar a Rosa Rainha no desfile da Viradouro foi feito pelo presidente Marcelinho Calil, a quem só conhecia através das redes sociais.

– Eu tava em Londres, quando ele me chamou. Fiquei radiante, principalmente por conta do enredo. Eu amo samba, acompanho tudo pelas redes sociais, mesmo de longe, inclusive as lives que a Viradouro fez, assisti todas. Quando voltei ao Brasil, fui logo ao barracão pra conhecer todo mundo e o projeto da escola – revela a modelo que, animada, já começou a cumprir a agenda de ensaios.

Duda costuma estar no Sambódromo para assistir aos desfiles e tem samba no pé. Já desfilou na São Clemente, na Caprichosos de Pilares, e foi rainha de bateria da Coroado de Jacarepaguá, fundada pela família dela e que desfila na Estrada Intendente Magalhães, no Campinho, na Zona Norte do Rio.


Spread the love