Portela, CUFA e Uber Brasil se unem para potencializar vacinação

Spread the love

Empresa de aplicativo de mobilidade vai oferecer deslocamento gratuito até a quadra da escola para pessoas em vulnerabilidade socioeconômica e com dificuldade de locomoção

Desde abril sendo um dos principais postos de vacinação na Zona Norte do Rio, a Portela acaba de ganhar reforços no combate à Covid-19. A agremiação, junto com a Associação dos Moradores do Cajueiro, se uniu à Central Única das Favelas (CUFA) e a Uber Brasil para oferecer acesso gratuito ao posto de vacinação na quadra da escola, para pessoas em vulnerabilidade socioeconômica e com dificuldade de locomoção. A Uber vai oferecer códigos promocionais para que moradores do Cajueiro e comunidades do entorno – previamente cadastradas pela Associação de moradores e CUFA – consigam acesso à vacina, na Majestade do Samba.

“Queremos garantir que a mobilidade não seja mais um obstáculo para quem quer se vacinar, por isso, além de apoiar os governos e prefeituras em todo o mundo, estamos também apoiando entidades como a Central Única das Favelas (CUFA) nesse projeto com a Portela, para permitir que as pessoas mais vulneráveis tenham uma opção de mobilidade para chegar aos locais de vacinação”, explica a gerente de Operações da Uber, Silvia Penna.

A seleção dos moradores que serão contemplados com os códigos promocionais está sendo realizada pela Associação dos Moradores do Cajueiro com auxílio da CUFA. Após analisar os pré-requisitos, a Associação aciona o morador contemplado e lhe repassa o código que deve ser utilizado junto à Uber. O serviço fica disponível de segunda a sexta, das 8h30 às 17h, respeitando o intervalo de 1 hora para cada morador que irá se vacinar. A primeira ação está prevista para acontecer no dia 29.

O objetivo da parceria é ampliar ainda mais o acesso ao imunizante para os moradores do Rio de Janeiro, conforme aponta o vice-presidente da Portela, Fábio Pavão. “Facilitar o acesso dos cidadãos às vacinas, contribuindo para ampliar a imunização da nossa população, é um dever da sociedade civil, o que inclui as escolas de samba, ONGs e empresas privadas. Essa parceria é muito importante porque ninguém pode ficar de fora.”

 


Spread the love
  • Related Posts

    Primeiro casal da Mocidade Independente de Padre Miguel

    Spread the love

    Spread the lovePrimeiro casal da Mocidade Independente de Padre Miguel tem nova coreógrafa para o Carnaval 2025 A Mocidade Independente de Padre Miguel anunciou nesta quinta-feira (23) a contratação de…


    Spread the love

    Barracão da Vila Isabel recebe visita de secretário

    Spread the love

    Spread the loveBarracão da Vila Isabel recebe visita de secretário do maior complexo de museus e pesquisa do mundo O barracão da Unidos de Vila Isabel recebeu nesta terça-feira (21)…


    Spread the love

    Você perdeu

    Escolas de samba conhecem a ordem de desfiles para o Carnaval 2005

    Escolas de samba conhecem a ordem de desfiles para o Carnaval 2005

    Negralu renova com a Cabuçu

    Negralu renova com a Cabuçu

    Primeiro casal da Mocidade Independente de Padre Miguel

    Primeiro casal da Mocidade Independente de Padre Miguel

    Monique Rizzeto reencontra Mestre Demétrius

    Monique Rizzeto reencontra Mestre Demétrius

    Amanda Palhares reforça Direção de Carnaval da Acadêmicos de Niterói

    Amanda Palhares reforça Direção de Carnaval da Acadêmicos de Niterói

    Barracão da Vila Isabel recebe visita de secretário

    Barracão da Vila Isabel recebe visita de secretário