Lins Imperial terá musa canadense no próximo desfile

Lins Imperial terá musa canadense no próximo desfile

Amanda Scheneider se unirá ao time de beldades internacionais presentes na Verde e Rosa do Lins

A Lins Imperial já avisou que gringas cheias de gingado e samba no pé já não serão apenas coadjuvantes na escola. A verde e rosa do Lins de Vasconcelos anunciou a última estrangeira que integrará o time de musas da agremiação para o próximo carnaval: a canadense Amanda Scheneider.

O time de musas internacionais na escola ficou completo. Amanda Scheneider, do Canadá, Brenda e Cynthia Codoñer, do uatemala; Adriana Blanco e Jenny Geska, da Carolina do Norte; a espanhola Silvia Maya e Carla Sánchez, do Arizona. Todas estreando na Sapucaí com a Lins Imperial, primeira escola a pisar na Avenida no sábado de carnaval.

Falando português fluentemente desde os 20 anos de idade, Amanda já enfrentou um câncer e venceu. Foi em fevereiro de 2019 em Toronto, no Canadá, que um grupo de samba local levantou seu espírito de alegria para o momento difícil que passou. A partir dali se apaixonou pelo samba e sua cultura e sentiu o poder da cura emocional através da dança. Em janeiro deste ano fundou sua própria escola de samba no Canadá.

– Eu me sinto muito honrada em desfilar com a Lins Imperial no Carnaval 2022. Vou me esforçar ao máximo para representar da melhor forma possível sua comunidade e o trabalho desenvolvido pela escola e seus integrantes.  Eu quero absorver toda cultura e história e continuar meu aprendizado de samba com a agremiação.  Estou muito animada com a oportunidade da experiência e de desfilar ao lado de tantos artistas incríveis – avisa a nova musa.

A escola do Lins continuará investindo no seu retorno ao Sambódromo. A agremiação homenageará no próximo carnaval o ídolo inesquecível, Antonio Carlos Bernardes, o popular Mussum.

 

Fotos: Arquivo Pessoal/Divulgação

 

Paulo Costa