Lins ImperialSÉRIE A

Rei Momo mineiro será muso da Lins Imperial

Wallace Guedes estreará no carnaval carioca em 2021

 A Lins Imperial anuncia mais uma novidade para 2021. Wallace Guedes, Rei Momo de Belo Horizonte, ator, bailarino e coreógrafo estreará na verde e rosa como muso da agremiação.

Wallace é ex-morador de rua e cursa atualmente o 5º período da faculdade de Educação Física.  O novo muso tem 33 anos, 1,80 de altura e 98 kilos e foi coroado em 2020, Rei Momo do carnaval de Belo Horizonte. A beldade atua como bailarino de fit dance, dança afro e dança folclórica, é  fundador da cia de dança Arrocha Mix, integrou também a companhia de dança Trilha do Apogeu. Foi Comissão de Frente por dois anos da escola de samba Canto da Alvorada em 2011 e 2012 e também atuou na Comissão de Frente do bloco Caricato Vila Estrela. Em 2015 desfilou como destaque da escola de samba Acadêmicos de Venda Nova e em 2018 da Canto da Alvorada. Wallace foi coreógrafo, bailarino e estilista da Banda Anna Mel e integra o grupo de danças folclóricas Guararas desde 2018. Em 2019 foi coroado Rei de Bateria da Escola de Samba Imperavi de Ouros. Atualmente realiza trabalhos como passista, modelo profissional fotográfico e manequim, e também de cerimonialista. É um dos responsáveis de um projeto social que tem intuito em ajudar comunidades e moradores de rua assim como foi.

– O carnaval me atraiu pelas suas cores e principalmente por não fazer distinção de pessoas. Amo o carnaval e quero poder dividir minha história pelo mundo e a Lins Imperial me representa. Acredito que vou contribuir mostrando que o mineiro tem samba no pé, aliás serei o primeiro Rei Momo de Belo Horizonte a compor uma posição de destaque em uma agremiação em outro estado – avisa o muso.

O enredo “Mussum pra sempris – traga o mé que hoje com a Lins vai ter muito samba no pé!” será desenvolvido pelos carnavalescos Eduardo Minucci e Ray Menezes. A agremiação ainda não definiu a data do retorno de suas atividades presenciais devido a pandemia do novo Coronavírus.

 

Fotos: Ronald Ferreira