SÉRIE OUROUnidos de Bangu

Rainha de Bangu faz aulas de samba online para preparar-se para o Carnaval

Dre Story desfilará à frente da escola da zona oeste e é mais uma das alunas de Egili Oliveira a brilhar no samba

Que o samba não tem fronteiras já está comprovado, mas como nasce esta paixão e a motivação para que estrangeiros possam dedicar-se ao aprendizado do ritmo que viaja o mundo é o que precisamos ressaltar. Ao longo das últimas décadas, o gingado dos passistas tomou conta dos espaços de dança ao redor do mundo promovendo um verdadeiro intercâmbio onde o idioma a ser falado é o samba.

Assim aconteceu com Dre Story que abrirá o desfile da Unidos de Bangu no próximo Carnaval ocupando o posto de rainha da escola. Pupila de Egili Oliveira, especialista em “formar” passistas estrangeiras para integrar os desfiles das escolas de samba, Dre iniciou sua trajetória há nove anos, quando começou a aprender a sambar com Lidu e Ernesto Plazola na United Dance Academy, em Dallas, no estado do Texas. “Eles foram minha primeira inspiração e, a partir daquelas aulas, quis aprender cada vez mais sobre a cultura brasileira”, diz a rainha que tem em Ernesto, muito mais do que um professor, mas um verdadeiro conselheiro. “Ele cuida de mim e da minha forma física, toma conta da minha dieta e sabe que teremos um grande desafio pela frente, que é representar muito bem a minha escola na avenida”, completa Dre.

Adepta à boa alimentação e muito focada no objetivo de conquistar a comunidade banguense com seu “samba brasileiro”, Dre Story não deixa de treinar o ritmo que a conquistou, pelo menos três vezes por semana. “Faço aulas online com Ernesto e agora retomarei com a Egili também de forma virtual. Este ano, infelizmente ela não conseguiu, por conta da pandemia, vir aos Estados Unidos para os workshops, mas as alunas pediram tanto que ela organizou o curso de forma online. Não podemos perder a motivação e seguir em frente com a preparação para o desfile”, comenta Dre, que conheceu a sambista durante sua preparação do concurso National Samba King and Queen USA, no qual sagrou-se campeã ao lado do amigo e professor em 2019.

Sentindo-se honrada e abençoada pela conquista do posto de rainha, Dre confessa ansiedade para chegar ao Brasil e participar dos ensaios, colocando em prática os ensinamentos que Lidu, Ernesto e Egili lhe deram ao longo do tempo. “ Estou aqui com o pensamento positivo de que teremos um grande carnaval em 2022. Precisamos manter, apesar de tudo, a mente equilibrada, continuar os treinos, o trabalho que precisa ser feito para que tudo dê certo. A esperança não pode morrer, não podemos deixar de acreditar que, muito em breve, poderemos desfrutar da magia e da alegria da maior festa do universo. Eu agradeço por ter pessoas que estão, diariamente, me motivando, me ensinando e fazendo com que eu acredite que posso melhorar cada vez mais”, diz Dre.