ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1982 – O Inesquecivel Bum Bum Praticumbum

Este ano não sabíamos exatamente porque eu e meus irmãos tínhamos a sensação que teríamos um carnaval inesquecível, começando com o Edson em seu primeiro ano como diretor de bateria na Unidos de Lucas. Aprontamo-nos para mais um carnaval desfilando em nossos blocos costumeiros, Boêmio de Irajá, Cacique de Ramos e Bafo da Onça e ainda tinha toda nossa torcida pela estreia do Edson no grupo 1B no Unidos de Lucas, havia também a torcida imperiana na família para um grande desfile de nossa escola, uma vez que ela possuía um belíssimo samba uma composição do nosso amigo Beto sem Braço. Todos estes ingredientes eram realmente prenúncio de um grande carnaval, como já era comum em nossos carnavais tínhamos sempre o barracão da Mangueira como nossa referencia e nosso ponto de encontro, entretanto não me recordo porque neste ano eu não estava com os meus irmãos e amigos na manhã daquela segunda feira dia 22/02/1982. Lembro-me de que estava aguardando ansiosamente a passagem do Império Serrano, entretanto por volta das 08:00 horas já estava bastante cansado, acabei desistindo e me dirigindo para minha residência, embarquei no 342 a caminho do Jardim América e como estava bastante cansado adormeci, ocorre que na altura do Caju um grupo de amigos vindo de um baile de carnaval embarcaram no mesmo coletivo e uma amiga acabou por me acordar. Percebi que onde estávamos, falei com todos e me inteirei se o desfile na Marques de Sapucaí havia terminado e fui informado que ainda havia mais duas escolas para o termino, sendo uma delas o Império Serrano. Não pensei duas vezes e desci do coletivo na altura da Fundação Oswaldo Cruz, retornando em direção a Avenida Marques de Sapucaí para assistir o desfile, ainda encontrei parte da apresentação do Império da Tijuca, fui então para a entrada da arquibancada do setor3 e em determinado momento foi franqueado à entrada de algumas pessoas e eu felizmente estava entre elas. Já era segunda-feira os relógios marcavam quase meio-dia, o sol também estava presente com toda a sua força e todos aguardavam ansiosamente a apresentação do Império Serrano. Finalmente chegou o grande momento, o puxador Quinzinho da o seu tradicional grito de guerra lá estava o nosso Império. A escola esta literalmente muito linda, o samba enredo sendo cantado com muito entusiasmo por todos desfilantes e integrantes das arquibancadas, a sinfônica (bateria) com um ritmo contagiante não nos deixou ficarmos parado, principalmente quando o samba alcançava o refrão “Bum Bum Paticumbum Prugurundum Contagiando a Marquês de Sapucaí”. Foi muito lindo, maravilhoso! Demais!

 Império Serrano

Em 1982, o Império Serrano foi campeão com um enredo que criticava o crescimento das escolas de samba. “Bum bum paticumbum prugurundum” falava da super escola de samba, da superalegoria que escondia a gente bamba. A carnavalesca Rosa Magalhães lembra que foi uma surpresa a vitória da escola. “A escola estava em último lugar. Até dezembro a gente não sabia se  ia desfilar no grupo especial ou se ia pro grupo de baixo. Foi um desfile difícil, porque foi ao meio dia, um sol desgraçado e o povo jogava gelo, jogava água pra refrescar os desfilantes. E o povo ia em frente. E aí ganhou! Quer dizer, foi uma surpresa! passou de último pra primeiro”, contou Rosa.

 Portela

1982 – Num lindo amanhecer de carnaval, a Portela, oitava escola a se apresentar, invade a pista da Avenida Marquês de Sapucaí. Sobre coloridos pandeiros, a Águia chega batendo asas e pedindo passagem. O público se acumulava em volta da pista, mas a envergadura das enormes asas do abre-alas acabaram abrindo caminho para que o restante da escola pudesse passar. “Meu Brasil brasileiro” era uma grande exaltação ao folclore nacional, como maracatu, capoeira, seresteiros, toda a magia da Bahia, as tradições nordestinas, o bumba-meu-boi, o improviso de repentista e a arte ímpar da literatura de cordel. Toda a variedade cultural deste imenso país estava sendo retratada.

Imperatriz Leopoldinense

1982 – O tricampeonato fugiu por entre os dedos. Campeã, considerando-se apenas as notas dadas, a escola perde o título nas obrigatoriedades. A Imperatriz tem que se contentar com o 3º lugar, apesar de “ganhar” o carnaval durante seu desfile. A frieza das regras que obviamente são para serem cumpridas, não tiram o brilho daquele ano. O enredo “Onde canta o sabiá” é lembrado até hoje, como um dos maiores da história da escola e do carnaval. No ano seguinte, Arlindo despede-se da escola com um 4º lugar, encerrando sua primeira e mais brilhante passagem pela agremiação. Chegou na escola que ainda era dúvida e a deixou como a mais bela certeza daqueles anos.

 Aconteceu no Carnaval

 1982 – Madureira parou neste ano com a vitória do Império Serrano e o vice-campeonato da Portela. O comércio da Avenida Ministro Edgar Romero, Estrada do Portela e adjacência dispensaram todos os seus funcionários enquanto a alegria tomava conta de todos, parando literalmente todo o comércio de Madureira.

1982 – Pelo regulamento do carnaval o número de carros alegóricos e tripés foi limitado no máximo 3 por escola.

1982 – Nas alegorias era proibido o uso de quaisquer destaques. A penalização definida para o descumprimento destas regras foi a perda de 3 pontos por jurados. As escolas de samba Unidos de São Carlos, Beija-Flor de Nilópolis e Imperatriz Leopoldinense descumpriram as regras. Como eram dois jurados por quesito, cada escola foi punida com a perda de 6 pontos no quesito Alegorias e Adereços.

1982 – Os quesitos mestre-sala, porta-bandeira e comissão de frente voltam a ser avaliados pelo júri dos desfiles.

1982 – O enredo do Império Serrano refere-se a uma expressão do compositor Ismael Silva para mostrar como deveria ser a batida do instrumento surdo.

1982 –  União da Ilha – “É Hoje” (Didi e Mestrinho) um dos sambas-enredo mais conhecidos e cantados da história do Carnaval, estourou nas paradas com versões de Caetano Veloso e Fernanda Abreu. É tão famoso que muita gente até se esquece de que foi composto para o desfile que conduziu a União da Ilha ao quinto lugar no Carnaval de 1982.

1982 – Luiza Brunet desfila pela primeira vez no carnaval, como destaque na Beija-Flor de Nilópolis.

 Desfile das Escolas de Samba

O carnaval de 1982 teve o seguinte resultado: Grupo 1A (AESCRJ) Avenida Marques de Sapucaí – 21/02

Império Serrano com enredo “Bum Bum Paticumbum Prugurundum” com 187,0 pontos Campeã, Portela com enredo “Meu Brasil Brasileiro” com 185,0 pontos Vice-Campeã, Imperatriz Leopoldinense com enredo “Onde Canta o Sabiá” com 183,0 pontos em Terceiro, Estação Primeira de Mangueira com enredo “As Mil e uma Noites Cariocas” com 180,0 pontos, União da Ilha do Governador com enredo “É Hoje” com 180,0 pontos, Beija-Flor de Nilópolis com enredo” O Olho Azul da Serpente” com 179,0 pontos, Mocidade Independente de Padre Miguel com enredo “O Velho Chico” com 176,0 pontos, Acadêmicos do Salgueiro com enredo “No Reino do Faz de Conta” com 170,0 pontos, Unidos da Tijuca com enredo” Lima Barreto, Mulato Pobre, mas Livre” com 163,0 pontos, Unidos de Vila Isabel com enredo “Noel Rosa e os Poetas da Vila nas Batalhas do Boulevard” com 158,0 pontos, Império da Tijuca com enredo “Iara, Ouro e Pinhão na Terra da Gralha Azul” com 155,0 Pontos, Unidos de São Carlos com enredo “Onde há Rede há Renda” com 149,0 pontos.

Foram rebaixadas para o Grupo 1B as escolas: Império da Tijuca e Unidos de São Carlos

 Grupo: 1B (AESCRJ) Avenida Marques de Sapucaí – 22/02

Caprichosos de Pilares com enredo “Moça Bonita Não Paga” com 182,0 pontos Campeã, Unidos da Ponte com enredo “O Casamento de Dona Baratinha” com 174,0 pontos Vice-Campeã, Acadêmicos de Santa Cruz com enredo “Braguinha, carnaval de Sonho” com 174,0 pontos, Em Cima da Hora com enredo “Popô, Papá, Bubu, Babá” com 173,0 pontos, Unidos de Lucas com enredo “Lua Viajante” com 173,0 pontos, Arrastão de Cascadura com enredo “Brasil Verde e Amarelo” com 163,0 pontos, Lins Imperial com enredo “Clementina, uma Rainha Negra” com 157,0 pontos, Unidos de Cabuçu com enredo “A Lenda do Dragão Dourado com 157,0 pontos, Império do Marangá com enredo “Lágrimas” com 153,0 pontos, Unidos de Bangu com enredo “Você Sabe como É” com 152,0 pontos, Arranco de Engenho de Dentro com enredo “Como Vencer na Vida sem Fazer Forças” com 151,0 pontos, União de Jacarepaguá com enredo “Gosto que me Enrosco” com 148,0 pontos.

Sobe para o Grupo 1A a Escolas: Caprichosos de Pilares e Unidos da Ponte

Foram rebaixadas para o Grupo 2A na Avenida Marques de Sapucaí as Escolas: Arranco do Engenho de Dentro e União de Jacarepaguá

 Comentário: 

Para seu comentário ao final do Post utilize o Campo Deixe uma Resposta

 Link para o Yotube:

https://www.youtube.com/results?search_query=mundo+do+carnaval

 Referencias: Wikipédia, g1globocom, pedromigao, noticiasboluol,