ÚLTIMAS NOTÍCIAS

2010 – A Alegria e o Sonho Partido !

2010 – Este ano temos uma comemoração especial, a segunda geração de nossa família esta aumentando com a chegada do Hiago filho do meu sobrinho Márcio e Cristiane. No círculo carnavalesco, o meu irmão Edson seguia como Diretor de gravação da Associação das Escolas de Sambas do Rio de Janeiro e Diretor de Carnaval da Leão de Iguaçu.

Eu desfilaria pela primeira vez na Acadêmicos do Grande Rio e ainda na Unidos do Viradouro, como já era de praxe nossa família sempre assistia os desfiles na arquibancada e optamos pela segunda-feira quando teria a apresentação da Acadêmicos do Grande Rio, porém minha avó Mirtes e minha esposa mesmo sem a aquisição de ingressos me acompanharam no Domingo para assistirem o desfile da Unidos do Viradouro. Lamentavelmente por não terem prática, uma vez que nunca haviam ficado nesta situação fora das arquibancadas, optaram pela localização próximo ao viaduto São Sebastião.

Voltando ao grupo especial tivemos uma boa safra de enredos, assim como bons sambas. No Domingo a apresentação da União da Ilha com o enredo “Dom Quixote de La Mancha, o Cavaleiro Dos Sonhos Impossíveis” da carnavalesca professora Rosa Magalhães, já dava mostra de como seria disputado o título deste carnaval.

Na sequencia tivemos Imperatriz Leopoldinense seguida da Unidos da Tijuca do carnavalesco Paulo Barros com o enredo “É Segredo” o desfile desta escola foi literalmente impecável. Eu que estava na concentração da escola seguinte Unidos de Viradouro, presenciei a avalanche de emoção e alegria a cada entrada de alas ou carros alegóricos no setor um. O belíssimo samba era cantado a todo pulmão tanto pelos componentes bem como, por todos nas arquibancadas e sem dúvida a Unidos da Tijuca seria uma fortíssima candidata a ser campeã do Carnaval.

A Unidos do Viradouro foi completamente derrota ainda na concentração quando os componentes tiveram a exata noção do quão a escola estava, sabíamos que o pior com toda certeza aconteceria, depois daquela estrondosa apresentação da Unidos da Tijuca e que a escola seguinte seria o Acadêmico do Salgueiro campeã do ano anterior, que também estava belíssima em sua concentração.

Lembramos das inúmeras vezes que o presidente Marcos Lyra falou que a escola estava bem, que suas alegorias estavam todas prontas e a escola faria um bom desfile. Tudo não passava de um grande engano, nada que foi anunciado estava em nosso desfile, percebemos a inercia completa de todos que nos assistiam e tínhamos a nítida sensação que não estávamos nos apresentando na avenida.

A final deste fatídico desfile reencontrei minha avó e minha mulher nas proximidades do terreirão do samba e minhas primeiras palavras foram: a Unidos do Viradouro vai ser rebaixada, porque fez o pior desfile de uma escola de samba que eu já vi. Infelizmente ao final da apuração minhas palavras foram confirmadas, a Unidos do Viradouro ficou na décima segunda colocação.

Na sequencia tivemos a apresentação do Acadêmico do Salgueiro do carnavalesco Renato Lage, com enredo “Histórias Sem Fim” e finalizando tivemos a Beija Flor de Nilópolis, com o enredo “Brilhante ao Sol do novo Mundo, Brasília: do Sonho à realidade, a Capital da Esperança”.

Chegamos então na segunda-feira que era esperado um grande embate entre mestres estreantes. Ciça agora comandante da bateria da Grande Rio e Atila que estava no comando da Unidos de Vila Isabel.

A Grande Rio com o enredo “Das Arquibancadas ao Camarote Nº 1… Um “Grande Rio” de Emoção na Apoteose do seu Coração” do carnavalesco Cahê Rodrigues, realizou um grande desfile com destaque para apresentação da bateria de mestre Ciça, que se apresentou com a fantasia em homenagem aos garis da COMLURB tendo como rainha Paola Oliveira, dando um show inesquecível de pouco mais de quatro minutos em sua paradinha.

Continuamos com a Unidos de Vila Isabel com enredo “Noel a Presença do Poeta da Vila” do carnavalesco Alex de Souza, com uma obra prima de samba enredo de autoria de Martinho da Vila que também realizou um bom desfile.

Encerrando a apresentação das escolas, a Estação Primeira de Mangueira confirmando meu prognóstico, também realizou um grande desfile e tinha um bom samba enredo. Destaque para sua bateria que se apresentou em uma prisão e efetuou uma grande paradinha.

Unidos da Tijuca

Terceira escola a desfilar, a Unidos da Tijuca fez uma apresentação extraordinária para se colocar como favorita ao campeonato, mesmo sendo apenas a terceira escola a passar no domingo. O carnavalesco Paulo Barros acertou a mão no enredo “É segredo”, aliando criatividade e surpresas constantes ao público, que aplaudiu a agremiação do Borel.

Para começar, a comissão de frente trocava de roupa no meio da pista por seis vezes em cada apresentação, em meio a truques de ilusionismo. Mais surpresas estavam reservadas para o abre-alas, que representava o incêndio na biblioteca de Alexandria. Foram usados cinquenta turbinas de ventilador e dezesseis máquinas de fumaça para reproduzir o efeito de incêndio de forma impressionante. Na parte traseira da alegoria, os livros que se tornaram segredos perdidos.

A segunda alegoria também era brilhante e remetia aos jardins suspensos da Babilônia, com direito a cinco mil mudas de plantas naturais no elemento. Já o terceiro carro lembrava os segredos da arqueologia, com partes giratórias que mostravam faces simbolizando pedaços da história. Outro carro que chamou a atenção foi a que representava o segredo do cavalo de Tróia”.

Aconteceu no Carnaval

2010 – O narrador esportivo Luís Roberto substituiu Cleber Machado e assumiu a condução das transmissões dos desfiles do Grupo Especial pela TV Globo ao lado de Glenda Kozlowsky. Luís segue até hoje na função e sempre visita todos os barracões na Cidade do Samba nos meses que antecedem o desfile para colher informações.

2010 – As propagandas explícitas da Brahma no samba e no título do enredo da Grande Rio foram cortados pela TV Globo durante o desfile oficial. Na apresentação do enredo, o título foi mostrado pela metade, apenas com a frase “Um ‘Grande Rio’ de Emoção na Apoteose do seu Coração”. E sempre que se chegava ao refrão principal, os telespectadores não ouviam o áudio do trecho “No camarote número 1”. No Desfile das Campeãs, a Bandeirantes deixou o trecho no ar.

2010 – Falando em Brahma, a grande atração no camarote homenageado pela Grande Rio foi a cantora Madonna e seu affair, o modelo Jesus Luz… Quem deu o que falar no camarote da rival Devassa foi a modelo-socialite Paris Hilton, que estrelara comercial da cerveja. Depois de posar para fotos, a americana mostrou todo seu vasto repertório de mau-humor na saída do camarote.

2010 – A Mangueira foi a primeira escola de que se tem notícia a produzir por conta própria um clipe de divulgação de seu samba-enredo. Na produção, várias imagens do morro foram mostradas, com destaque para as casas de Delegado e Dona Zica.

2010 – O saudoso Emílio Santiago participou da gravação do samba da Mangueira no CD ao entoar como alusivo da obra os versos “Eu pensei em te dizer uma coisa / Mas, para quê, se eu tenho a música?”, da canção Bem Simples, do Roupa Nova. Ele ainda esteve no carro de som durante o desfile.

2010 – O refrão principal do samba-enredo do Salgueiro tinha os versos “Uma história de amor / Sem ponto final / Academia do samba, Salgueiro / No livro do meu Carnaval” e a torcida do Flamengo resolveu fazer uma versão para os jogos do time: “Uma história de amor / Sem ponto final /Eu quero o tetra do Rio, Flamengo / Libertadores, Mundial”. Como se sabe, tanto o Salgueiro como o Flamengo naufragaram fragorosamente em seus sonhos para 2010.

2010 – Martinho da Vila voltou a vencer uma eliminatória de samba na Vila Isabel depois de 17 anos. Com isso, ele chegou a dez vitórias na agremiação (1967, 1968, 1969, 1970, 1972, 1980, 1984, 1987, 1993 e 2010).

2010 – Falando em Martinho, depois da vitória houve muitas críticas a Mestre Átila pelo andamento acelerado imposto à obra tanto no CD como na avenida. No DVD “Lambendo a Cria”, Martinho regravou o samba numa cadência extraordinária, o que valorizou ainda mais a grande obra.

2010 – A novidade no desfile foi a transformação do recuo da Rua Salvador de Sá num palco em formato de rampa para os ritmistas ficarem. Além de causar desconforto aos componentes, a visão do público do setor 11 foi severamente prejudicada.

O carnaval de 2010 teve o seguinte resultado: Grupo Especial (LIESA) Passarela do Samba – 14 e 15/02

Unidos da Tijuca com enredo “É Segredo” com 299,9 pontos Campeã, Acadêmicos do Grande Rio com enredo “Das Arquibancadas ao Camarote Nº 1… Um “Grande Rio” de Emoção na Apoteose do seu Coração” com 299,4 pontos Vice-Campeã, Beija-Flor de Nilópolis com enredo “Brilhante ao Sol do novo Mundo, Brasília: do Sonho à realidade, a Capital da Esperança” com 299,2 pontos em Terceiro, Unidos de Vila Isabel com enredo “Noel a Presença do Poeta da Vila”, Acadêmicos do Salgueiro com enredo “Histórias Sem Fim” com 297,9 pontos, Estação Primeira de Mangueira com enredo “Mangueira é Música do Brasil” com 297,6 pontos, Mocidade Independente de Padre Miguel com enredo “Do Paraíso De Deus Ao Paraíso Da Loucura, Cada Um Sabe O Que Procura” com 296,1 pontos, “Brasil de Todos os Roupa… Eu Vou? Pro Samba Que Você Me Convidou” com 294,0 pontos, União da Ilha do Governador com enredo “Dom Quixote de La Mancha, o Cavaleiro Dos Sonhos Impossíveis” com 293,8 pontos, Unidos do Viradouro com enredo “México, o Paraíso das Cores, sob o Signo do Sol” com 290,5 pontos.

Foram rebaixadas para o Grupo de Acesso A (AESCRJ) a Escolas: Unidos do Viradouro

Grupo: de Acesso (LESGA) Passarela do Samba – 13/02

São Clemente com “Choque de Ordem na Folia” com 270,0 pontos, Inocentes de Belford Roxo com enredo “Água para Prover a Vida” com 268,7 pontos, Estácio de Sá com enredo “Deixa Falar. A Estácio É Isso Ai! Eu Visto Esse Manto e Vou Por Ai” com 268,6 pontos, Acadêmicos de Santa Cruz com enredo “Nos Passos do Compasso” com 268,2 pontos, Império da Tijuca com enredo “Suprema Jinga – Senhora do Trono Brazngola” com 268,1 pontos, Caprichosos de Pilares com enredo “E Por Falar em Saudade…” com 267,5 pontos, Renascer de Jacarepaguá com enredo “Aquaticópolis” com 267,2 pontos, Acadêmicos do Cubango com enredo “Os Loucos da Praia Chamada Saudade” com 267,2 pontos, Acadêmicos da Rocinha com enredo “Ycamiabas” com 267,0 pontos, Unidos de Padre Miguel com enredo “Aço: Universo Presente Na Riqueza da Terra – o Futuro a Ti Pertence” com 263,3 pontos, Paraíso do Tuiuti com enredo “Eneida, O Pierrôt Está de Volta!” com 262,7 pontos.

Sobem para o Grupo Especial as Escolas: São Clemente

Foram rebaixadas para o Grupo 1 (AESCRJ): Unidos de Padre Miguel, Paraíso do Tuiuti.

Comentário: 

Para seu comentário ao final do Post utilize o Campo Deixe uma Resposta

Link para o Facebook:

https://www.facebook.com/mundocarnaval/

Referencias: wikipédia, ourodetolo

 

Comments (2)

  1. Adorei. São detalhes que só quem esteve lá pode contar. Só tenho a agradecer. Muito obrigado pela riqueza de detalhes adorei