AMEBRAS completa 23 anos com legado importante para a economia criativa

AMEBRAS completa 23 anos com legado importante para a economia criativa

Sob o comando de Célia Domingues, entidade forma e promove o trabalho de artesãos

Fundada em maio de 1998, a AMEBRAS (Associação de Mulheres Empreendedoras do Brasil) completa 23 anos vivendo, como tantos projetos, o desafio de continuar o trabalho reconhecido internacionalmente e que já capacitou mais de 30 mil profissionais para o mercado de trabalho. Apostando na força criativa como agente transformador de vidas e mola propulsora para fomentar a economia, Célia Domingues, presidente da entidade, orgulha-se dos resultados colhidos nestas últimas duas décadas. “ Enfrentamos muitos altos e baixos , muitas dificuldades e realizações, propostas , projetos e negócios que impactam pesado na vida das pessoas Destacamos algumas realizações como os figurinos dos shows de abertura e encerramentos dos Jogos Pan-Americanos 2007, Olimpíadas 2016, onde também realizamos a adaptação de uniformes dos jogos paraolímpicos, além dos projetos de  moda de carnaval e criação da coleção de souvenirs temáticos da festa”, comenta.

A necessidade de readaptar-se por conta da pandemia da COVID19, fez com que a AMEBRAS voltasse seu olhar com mais profundidade para o mercado virtual sem, no entanto, deixar de atender, capacitar e incentivar seus artesãos diante da dificuldade econômica. Uma das principais parceiras do Carnaval, a organização apoiou a produção de mais de 20 mil máscaras que foram distribuídas gratuitamente nas comunidades ligadas às escolas de samba, entre outras ações.  “Com muitos medos e dúvidas sobre este desconhecido COVID-19, nos agarramos aos tecidos, linhas e máquinas, organizamos e começamos uma grande produção de máscaras para empresas como Furnas, Trem do Corcovado, Paineiras, AquaRio, Rock Wold, além da distribuição gratuita desses itens para várias comunidades. Participamos de várias lives, priorizando os temas de apoio e incentivo as empreendedoras

Driblando a crise e readaptando suas atividades de acordo com as necessidades do mercado, a AMEBRAS realizará atividades diversas e gratuitas que serão oferecidas no modelo virtual ao longo do mês de junho, possibilitando a capacitação de novos profissionais para o mercado. O Carnaval, sem dúvidas, terá oficinas específicas , pensando no retorno das atividades na Cidade do Samba e na realização do maior evento do país em 2022. “Infelizmente, muitas empreendedoras fecharam seus negócios , muitas instituições sociais encerraram as atividades, mas temos fé de que conseguiremos atravessar esta crise mundial que interrompeu os sonhos de muitos . Estaremos preparados para o reaquecimento da economia e ocupação do mercado de trabalho com mais  respeito , tolerância , igualdade , capacidade e profissionalismo”, prevê a gestora.

 

Compartilhar

Paulo Costa

%d blogueiros gostam disto: