ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Desfile das Escolas de Samba de 2021 pode não acontecer

Por causa da pandemia do coronavírus, Escolas de Samba não sabem o que fazer para garantir o carnaval 2021 e pela primeira vez na história o Desfile das Escolas de Samba pode não acontecer.

O Desfile das Escolas de Samba de 2021 está seriamente comprometido.
A pandemia mundial do coronavírus afetou o mundo inteiro e os reflexos desta crise atingiu em cheio as manifestações culturais mundo afora.
Shows, festivais, festas públicas ou particulares acabaram simplesmente não acontecendo.
Com o aumento dos caso de coronavírus principalmente no Brasil e, sem um remédio, uma vacina, a solução é realmente o isolamento social.

O impacto disto é sentido em vários setores inclusive na indústria do carnaval.
Com as restrições de quarentena e isolamento não existe a menor possibilidade de fazer os preparatórios para garantir o Desfile das Escolas de Samba no carnaval 2021.

É que tudo isso é uma força tarefa que demanda a reunião de muita gente para produzir fantasias, construir alegorias e principalmente reunir a comunidade para escolher sambas-enredos e ensaiar para o grande desfile.

Pra se ter uma ideia, as duas mais tradicionais escolas de samba do Rio de Janeiro Portela e Mangueira, simplesmente cancelaram eventos que nunca deixaram de acontecer:
As tradicionais e alegres Feijoadas da Portela estão suspensas por tempo indeterminado. A Mangueira também quebrou uma tradição de mais de 92 anos e não lançou o enredo do próximo carnaval no último aniversário dia 28 de abril.

Sem expectativa de quando o isolamento social irá terminar, as Escolas de Samba do Rio de Janeiro e de São Paulo seguem em compasso de espera, e os calendários de eventos e atividades que fazem a roda do carnaval girar, está totalmente embaralhado.

Além disso, com a crise econômica a liberação de verbas publicas e o investimento de patrocinadores também virou dúvida.

O resultado é que com tanta incerteza, tudo indica que pela primeira vez na história, o Desfile das Escolas de Samba de 2021 pode simplesmente não acontecer.

Redação Sambando