Diretor de marketing da Liesa, Gabriel David quer terceirizar vendas e construir marca sólida para o Carnaval

Diretor de marketing da Liesa, Gabriel David quer terceirizar vendas e construir marca sólida para o Carnaval

Crédito: Redação SRzd

Eleito novo diretor de marketing da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), Gabriel David já definiu seu plano de ação para o Carnaval 2022. Em entrevista ao SRzd, após a plenária que oficializou a mudança de diretoria da entidade, o dirigente falou sobre o novo cargo e pontuou o que será prioridade neste início de trabalho. Gabriel tem vontade de terceirizar vendas e construir uma marca sólida para a folia carioca.

“A liga precisa de uma reestruturação de entrada de receitas. Uma reestruturação de vendas, independente de quando o Carnaval for acontecer – seja ele em fevereiro ou julho -, é o ponto mais tangível que temos para injetar dinheiro dentro do Carnaval. Essa será nossa prioridade. Existe uma necessidade muito grande de terceirizar as vendas. Isso tem que ser discutido em plenária, mas as ideias vão ser coladas na mesa, e essa será uma das primeiras”, revelou.

Também conselheiro da Beija-Flor, Gabriel foi aumentando sua participação nos bastidores da festa nos últimos quatro anos. Hoje, é um dos mais empolgados em trabalhar na construção de uma nova era para o Carnaval carioca. Para ele, a retomada do auge do Maior Espetáculo da Terra passa diretamente pela criação de uma marca para o evento.

“Estou preocupado em construir uma marca sólida, que ainda não existe, e comunicar essa marca da melhor maneira possível. A gente quer deixar claro para o mercado que o Carnaval quer se adaptar cada vez mais ao mundo atual. A gente vai atrás de empresas parceiras que acreditem nessa ideia e queiram construir com a gente. Mais importante que trazer dinheiro e projetos, é trazer grandes parceiros que possam fomentar o Carnaval de todos anos que estão por vir”, afirmou.

Com apenas 23 anos, Gabriel é o caçula da diretoria da Liesa. A pouca idade, porém, não é um problema para o herdeiro de Anísio. “Anos que eu venho estudando para isso e chegou o momento de colocar em prática”, disse o jovem, que é formado em Administração pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

“É um momento delicado. Tenho plena consciência disso, mas queremos botar os projetos em prática o mais rápido possível. É importante saber como vamos fazer as vendas daqui pra frente, como vamos comunicar essas vendas, como vamos interagir com os torcedores, como melhoramos a experiência de todo mundo que ama o Carnaval, seja em desfile ou em outros produtos que possam surgir para criarmos receitas extraordinárias.”

Gabriel tem usado as redes sociais para compartilhar fotos e informações de reuniões da Liesa que ele tem participado frequentemente desde a eleição. O dirigente ressaltou a importância da mescla entre a juventude e a experiência e sabe que há muito trabalho pela frente.

“Eu já vinha falando, debatendo, trazendo pessoas com maior conhecimento de marketing para a liga. Alguns projetos que eu trouxe antes mesmo de ser diretor já tramitam. Ideias não faltam, não só minhas, como de muitas pessoas de dentro e de fora do Carnaval. O mais importante é colocar uma ordem de prioridade. Muitas coisas precisam acontecer, principalmente no âmbito de comunicação e comercial. Vamos priorizar alguns tópicos para dar uma injeção de dinheiro dentro da liga, que é o que ela precisa agora”, concluiu.

Compartilhar

Paulo Costa