Epidemiologista alerta para risco de ficarmos sem Carnaval em 2022

Epidemiologista alerta para risco de ficarmos sem Carnaval em 2022

Crédito: Portal Carnaval

A realização do Carnaval em 2023 está bastante ameaçada. É o que alerta o epidemiologista Roberto Medronho, na coluna do jornalista Ancelmo Gois deste sábado, 1º de maio, no jornal O Globo. Sua fala vem em tom de lamento, uma vez que o médico é sambista e parceiro de Noca da Portela.

Roberto Medronho, que faz parte do grupo de trabalho da UFRJ contra o coronavírus, afirmou que a possibilidade é grande devido número de vacinados. “No ritmo de vacinação atual, há o risco concreto de não haver carnaval em 2022, pois teremos dificuldade para atingir a imunidade coletiva até lá.”

Leitores

Opinião semelhante tem os internautas. Uma enquete publicada pelo PORTAL CARNAVAL no dia 1º de maio, com resultado levado ao ar na quarta-feira, 28 de abril, mostrou que 38% dos leitores acham que a folia só acontecerá em 2023; 35% ainda acreditam na vacinação a tempo dos desfiles e 29% creem em um adiamento da festa.

 

Paulo Costa

%d blogueiros gostam disto: