Rio: Comissão de Carnaval avalia índices para a realização da festa em 2022

Rio: Comissão de Carnaval avalia índices para a realização da festa em 2022

Por Redação SRzd

Faltando menos de 100 dias para o Carnaval 2022, integrantes da Comissão Especial de Carnaval, instalada na Câmara Municipal do Rio, afirmaram, nesta sexta-feira (19), que a cidade caminha para atingir os índices estabelecidos por ela mesma para a realização da festa com os níveis de segurança em relação a pandemia do novo coronavírus.

Especialistas que participam do grupo chamaram a atenção para o descompasso da cobertura vacinal do Rio, na comparação com o restante do estado e do Brasil. Dessa forma, recomendaram que a Prefeitura cobre o chamado passaporte vacinal para os turistas.

Presidente da Comissão, o vereador Tarcísio Motta (PSOL) observou que os critérios de fila de internação, índice de positividade dos testes e taxa de contágio já atingiram as metas. A cobertura vacinal hoje está próxima de 80% da população total para as duas doses.

“Nesse momento não há nenhuma evidência científica que indica que o vírus vai superar a barreira vacinal. Se tiver qualquer sinal de que o vírus conseguiu ultrapassar a barreira vacinal e que os efeitos protetores da vacina estão se perdendo ao longo do tempo, a gente via tomar as medidas necessárias. Há segurança sanitária sim para a realização do Carnaval e Réveillon”, disse o secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz.

“Além da cobertura que a gente tem hoje, dos ótimos indicadores que a gente tem hoje, a gente ainda vai ter uma cobertura adicional de dose de reforço que poucos países têm, que poucos países tiveram quando liberaram a dose adicional. A gente pode dizer que nesse momento a Covid está controlada na cidade do Rio de Janeiro e a gente tem as condições ideais pra ir retomando as nossas atividades”, acrescentou Soranz.

Paulo Costa