Ritmo Solidário prepara o Natal dos assistidos

Ritmo Solidário prepara o Natal dos assistidos

Crédito: Portal Carnaval

O Ritmo Solidário já está trabalhando para possibilitar um Natal melhor aos ritmistas do Rio de Janeiro. Os responsáveis pelo projeto que ampara quem faz o batuque das escolas de samba cariocas começaram a arrecadação dos donativos e a preparação das cestas básicas de fim de ano dos músicos das 27 baterias que embalam a folia na Sapucaí.

O projeto, idealizado por China do Estácio, totaliza mais de 50 toneladas de cestas distribuídas, desde abril de 2020, quando foi criado. O Ritmo Solidário, porém, não quer parar por aí e pretende ultrapassar bastante esta marca e atender um maior número de assistidos. Para isto, conta com a ajuda e boa vontade de sambistas, amigos e simpatizantes da cultura de bamba.

Doações

As doações acontecem no Setor 10 do Sambódromo (Rua Salvador de Sá, sem número). Para grandes quantidades, basta entrar em contato com a organização do projeto pelo e-mail ritmosolidario@gmail.com ou pelo telefone / WhatsApp (21) 98695-5027. O Ritmo Solidário recebe itens como alimentos não perecíveis, material de higiene e roupas.

Grandes mestres de bateria apoiam o projeto, como Ciça, Rodney, Marcão, Macaco Branco, Lolo, Fafa, Wando, Claudinho, Caliquinho, Demétrio, Léo Capoeira, Jordan, Leonardo, Gustavo, Guilherme, Washington, Paulinho, Sidclei, Xula, Junior, Adílio, Jorginho, Riquinho, Dinho, Dudu, Penha, Tião, Belo, Folia, Esteves, Capoeira, Ivo, Gilmar, Vitinho, Nilo, Pablo, Marcelo, Keko, Chuvisco, Odilon e Átila.

Mais informações nas redes sociais do projeto: Facebook – Ritmo Solidário e Instagram – @ritmosolidario.

 

 

Paulo Costa