União de Jacarepaguá apresenta sinopse para o carnaval de 2023

Spread the love

Sinopse do enredo “Manoel Congo Mariana Crioula. Heróis da liberdade no vale do café” da União de Jacarepaguá para o carnaval de 2023.

SINOPSE


Soam os tambores de África – do Reino de Congo – suntuoso e soberano. Das terras da velha Angola, Guiné e Benim, de Dongo, Matamba, Cassange, Cabinda e Quissama. Uma África em berço dourado. Nobre e ancestral em sua raiz. Onde cada aldeia carregava um herdeiro da bravura do seu povo. Terra de heróis e heroínas. Berço de guerreiros e guerreiras. Protegidos e forjados pela espada de ferro de Ogum. O senhor da guerra em tempos de paz. Eis que tamanha riqueza não seria esquecida. As praias são tomadas por invasores e a costa africana não resiste. A grande calunga navega trazendo os filhos dessa África poderosa para o Brasil com correntes no pescoço e argolas no pés. Um oceano de lamentos e preces… Ao aportar, negros escravizados são expostos na dor em pleno cais do valongo no Rio de Janeiro e feito mercadoria são vendidos e guiados para o Vale do Paraíba do Sul. Ordens dos barões do café: plantar, colher e servir. Na fonte de ouro verde do Brasil – o cafezal – eram escravos de ganho e mucamas abandonados perante a tanta crueldade. O capitão e senhor das terras Manuel Francisco Xavier e sua esposa Francisca Eliza Xavier enriqueciam por braços negros e nas madrugadas ouvía-se o estalar das chibatas contra qualquer rebeldia. Mas, o ato de um capataz despertou a inssurreição negra. O sangue africano fervia sobre a dor de cada irmão. Dois heróis surgiriam no Vale do Paraíba do Sul. Quebrem as correntes! Fujam das senzalas! Era o povo preto em rebelião. Vozes libertárias ecoavam e conduziam o sentimento e o ideal de ser livre novamente. Manoel Congo e Marianna Crioula encorajaram e conduziram mata adentro todos aqueles que sonhavam com a liberdade. Resistência. Bravura. Heroísmo. Um quilombo. “Morrer sim, entregar não!”. Lutar em um tempo em que ser livre nunca foi um direito. Acender a centelha da coragem em um tempo onde enfrentar é resistir. Nas terras do vale do café reside a herança cultural da luta quilombola. Vassouras e Paty do Alferes guardam em seu ventre o legado de dois heróis da liberdade. Hoje, no antigo Lago da Força, atual centro histórico de Vassouras, há o Memorial Manoel do Congo e em Paty do Alferes, encontra-se o Centro de Assessoria Jurídica Popular Marianna Crioula – além de inspirar artistas em obras como o filme “Ngangula, o ferreiro de Paty” de Pedro Sol; o documentário “Marianna Crioula – Um Grito de Resistência” e a peça “A saga de Manoel Congo e Marianna Crioula – Os Heróis da Resistência” de Ricardo Andrade Vassíllievitch. Vassouras e Paty do Alferes também são o berço de manifestações africanas deixadas pelos escravos em sua história no vale do café. Terra de capoeiras, jongueiros e maculelês. Que a luta e os nomes de Manoel Congo e Marianna Crioula sejam lembrados pra sempre no axé das nossas baianas, na pulsação da nossa bateria, na ancestralidade da nossa velha guarda e na voz de todo componente. Que o ideal de liberdade e igualdade racial viva e viver é resistir. Jacarepaguá evoca suas raízes ancestrais nesta noite de coroação ao rei e a rainha do vale do café. Salve Manoel do Congo e Marianna Crioula! Salve os heróis da liberdade!  


Spread the love
  • Related Posts

    Quitéria Chagas será coroada Rainha de Bateria do Império Serrano

    Spread the love

    Spread the loveQuitéria Chagas será coroada Rainha de Bateria do Império Serrano O evento acontece no próximo dia 15, na tradicional feijoada do Reizinho de MadureiraA modelo e atriz Quitéria…


    Spread the love

    Unidos de Bangu anuncia enredo

    Spread the love

    Spread the loveA Unidos de Bangu homenageará a Aldeia Maracanã no Carnaval de 2025. Símbolo de resistência na cidade do Rio de Janeiro, localizada nas proximidades do antigo Museu do…


    Spread the love

    Você perdeu

    Unidos da Tijuca transforma passista em musa

    Unidos da Tijuca transforma passista em musa

    Quitéria Chagas será coroada Rainha de Bateria do Império Serrano

    Quitéria Chagas será coroada Rainha de Bateria do Império Serrano

    Unidos de Padre Miguel convoca compositores para entrega de sinopse

    Unidos de Padre Miguel convoca compositores para entrega de sinopse

    Unidos de Bangu anuncia enredo

    Unidos de Bangu anuncia enredo

    Tatiana Breia recebe a família Baderna na feijoada da União da Ilha

    Tatiana Breia recebe a família Baderna na feijoada da União da Ilha

    Ação Social na quadra da Unidos de Padre Miguel

    Ação Social na quadra da Unidos de Padre Miguel