De alma leve”, São Clemente fechou a primeira noite dos desfiles da Série Ouro

Spread the love

Crédito: Texto Site CN1

“Vinda do Grupo Especial, onde esteve nos últimos onze anos, a São Clemente apostou na irreverência, sua marca registrada, em seu desfile no amanhecer de sábado, 18.

A agremiação, presidida por Renato Gomes, fez uma viagem no tempo, propondo uma reflexão bem humorada da época das grandes navegações e descobrimento de novos mundos.

O carnavalesco Jorge Silveira, que retorna a escola, trabalha na proposta de reverter a história. Desta vez quem vai atravessar o oceano para explorar novas terras são os indígenas. No enredo, intitulado “O achamento do velho mundo“, os nativos da folia clementiana são índios evoluídos que não colonizam ninguém e só querem fazer carnaval.”

A amarela e preta da Zona Sul iniciou seu ensaio com a apresentação da comissão de Frente comandada por Lucas Maciel, coreógrafos com experiência em diversos trabalhos ao lado de Rodrigo Negri e Priscila Motta.


Spread the love