Jorge Amarelloh promove primeira parada gay em São Cristóvão no próximo domingo

Jorge Amarelloh promove primeira parada gay em São Cristóvão no próximo domingo

Coordenador de Ala de Passistas do Carnaval carioca e coreógrafo de Comissão de Frente é o idealizador do evento

Para celebrar o Orgulho LGBTQIA+, o coordenador da Ala de Passistas do carnaval carioca, Jorge Amarelloh promove no próximo domingo, 26 de setembro, a partir das 14 horas, a primeira Parada Gay no bairro de São Cristóvão. A concentração acontece na rua Jansen de Melo nº 82 – Tuiuti. Entre as atrações, a presença confirmada de Inês Brasil, roda de samba com grupo Bololô, Dj’s da comunidade e a bateria Amor Infinito.

Nascido na zona Norte do Rio de Janeiro no bairro de Bonsucesso, o idealizador do evento se envolveu com a dança aos 7 anos de idade. Apaixonado pelo carnaval, já passou por diversas agremiações como Santa Cruz, União da Ilha, São Clemente, Gato de Bonsucesso, Unidos do Cabuçu e hoje é o coreógrafo da comissão de frente da Acadêmicos do Engenho da Rainha e divide o trabalho com Alex Coutinho em dose dupla na Paraíso do Tuiuti e na Acadêmicos do Cubango na coordenação da Ala de Passistas. Juntos já levaram a bandeira do samba para mais de 15 países.

Alertar para o respeito ao próximo e a redução da homofobia são os objetivos principais da Parada Gay que acontece no próximo domingo. Jorge está em uma nova fase de sua carreira e inaugurou um espaço na comunidade do Tuiuti, em São Cristóvão, local este que virou ponto de encontro reunindo sambistas. Desses encontros recheados de ideias, e com ajuda e incentivo das crianças, compôs uma música de funk com repercussão na comunidade e assim veio à ideia de fazer um evento voltado para o público LGBTQIA+, pois é 80% do público do seu estabelecimento.

– A iniciativa partiu da necessidade de combate à intolerância. As paradas têm a proposta de celebrar avanços obtidos a partir de muito esforço e luta. E, claro, não deixam de ser um ato político. Elas são fundamentais para que possamos aparecer. É a festa da conscientização – pontua o organizador.

Fotos: Crédito nas Imagens

 

Paulo Costa